Governo reforça distribuição de EPIs aos municípios do Ceará

Desde as primeiras identificações do novo coronavírus (Covid-19) no Ceará o governador Camilo Santana tem mantido a transparência das ações e levado informações oficiais aos cearenses através de plataformas digitais. Na noite desta quinta-feira (23) o gestor estadual fez mais uma apresentação das medidas que o Estado tem adotado no enfrentamento à pandemia. A fala ocorreu minutos após ter sido encerrada a 19ª reunião do Comitê Estadual de Enfrentamento à Covid-19 no Ceará. Os encontros ocorrem todas as quintas-feiras e reúne 29 instituições municipais, estaduais, federais, setor produtivos, ONGs, entre outras, para discutir os números da pandemia no estado.

“Esse Comitê abrange desde o Tribunal de Justiça, Ministério Público, Federação das Indústrias, Central Única dos Trabalhadores, academias, universidades. Sempre defendo que as ações devem ocorrer com muito diálogo e transparência, sempre ouvindo as opiniões e sugestões de todos os segmentos. É o que temos feito desde o início dessa pandemia”, citou Camilo Santana.

Durante a apresentação o governador apontou que os casos de coronavírus no estado continuam em queda, principalmente na Capital. “Os números têm melhorado, tanto assistenciais como epidemiológicos na macrorregião de Fortaleza e também na macrorregião Norte. Estável no Litoral Leste e Jaguaribe”, afirmou Camilo Santana. “Centro-Sul e Cariri, hoje, é a maior preocupação, mas há tendência de estabilidade e término do pico da pandemia especialmente nas principais cidades. Os números têm apontado para isso”.

No geral, de acordo com o governador Camilo Santana, o Ceará tem diminuído os números, mesmo testando de forma massiva. “Já são quase 411 mil testes realizados no estado. O Ceará é um dos estados que mais testam no país e isso tem sido importante para nos orientar e dar as informações mais seguras em relação ao enfrentamento da pandemia no Ceará”, explicou.