Bombeiros criam apiário próprio em Canindé

Ao longo do ano são comuns ocorrências envolvendo enxames de abelhas. Seja por um grande acúmulo ou até mesmo por ataques, as ocorrências são mais acentuadas durante o período do verão, onde as flores florescem. A 6ª Companhia do 3º Batalhão do Corpo de Bombeiros Militares do Estado do Ceará (CBMCE), com sede em Canindé, inovou no modo de atuar perante ocorrências desta natureza. Após realizar a captura dos animais, as equipes da 6º Cia/3º BBM estão realizando a criação das abelhas em um apiário próprio.

Após um estudo se seria possível ter um apiário próprio, o CBMCE, em parceria com a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Ceará (Ematerce), criou o local apropriado para a criação dos animais. Os comandantes da 6º Cia do CBMCE, tenente-coronel Sousa Júnior e o 1º tenente Erasmo, junto com o presidente da Ematerce, Antônio Rodrigues de Amorim, disponibilizaram um curso de apicultura para os militares que fossem administrar o criadouro. Afinal, a partir de agora, os bombeiros passaram a não somente capturar as abelhas, mas também a criá-las, preservando assim, a natureza. O mel produzido pelos animais é consumido pela própria unidade do CBMCE.

O curso foi ministrado pelo presidente da Ematerce, Amorim, pelo técnico em Apicultura da Ematerce, Chico Filho, e pelo técnico em apicultura e criador de abelhas, Estevão. Ao todo, 30 profissionais de diversas entidades participaram do curso, sendo elas: Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Guarda Municipal, Enel e apicultores da região.

Dicas de prevenção

Como a maioria dos animais, as abelhas têm suas formas de se defender. O animal utiliza um ferrão que pode ser muito nocivo ao ser humano. É importante manter uma certa distância de colmeias e enxames de abelhas. Separamos algumas dicas para se manter seguro ao ter um possível encontro com o animal.

Caso visualize um enxame de abelhas em seu quintal, ou elas estejam em alguma árvore perto de você, jamais tente fazer a remoção por conta própria. Se afaste, e entre em contato com o Corpo de Bombeiros, para que as unidades do CBMCE possam realizar a remoção de forma adequada e segura.

Fique sempre atento às crianças durante o período que estão brincando. Durante a quarentena, as crianças tendem a passar mais tempo em casa, podendo brincar em jardins e quintais. Oriente seus filhos para que não brinque próximo ao enxame e não jogue nenhum objeto nas abelhas.

Afaste os animais domésticos do enxame, qualquer barulho que eles façam, poderá irritá-las e desencadear um ataque.

Pessoas comprovadamente alérgicas devem evitar caminhadas em locais próximos a matas.

Por CBMCE