Polícia Civil prende homem que mantinha mulher em cárcere privado em Paramoti

Policiais da Delegacia Regional de Polícia Civil de Canindé, sob o comando do delegado regional Daniel Aragão Mota, prenderam na tarde dessa terça-feira (16), no município de Paramoti, um homem por cárcere privado e Lei Maria da Penha.

De acordo com informações da Delegacia Regional de Canindé, além de manter a mulher presa em casa, o suspeito violentava ela diariamente com agressões físicas e sexualmente.

A equipe de policiais chegou até o suspeito após investigações, através de denúncia. O homem foi identificado como Luciano Mariano de Oliveira, de 27 anos.

Durante as investigações, a Polícia Civil conseguiu vídeos que comprovam as agressões. Nas imagens, é possível observar hematomas pelo corpo da vítima. A mulher aparece no vídeo apenas com roupas íntimas e sentada no chão, também em outro vídeo mostra o momento exato de uma das agressões. O cárcere acontecia no bairro dos Arrudas em Paramoti.

O homem que mantinha a mulher presa à 18 messes foi autuado em flagrante na Lei Maria da Penha e por cárcere privado.

Segundo a polícia o suspeito já responde a Maria da Penha e ameaça na comarca de caridade, por agredir outra mulher.

Com informações do radialista Nilton Araújo