Professor Vidal é reeleito diretor-geral do campus de Canindé

O professor Francisco Antônio Barbosa Vidal foi eleito no dia 13 de novembro de 2020 para novo mandato como diretor-geral do campus de Canindé. Ele obteve 33% do número total de votos de docentes, técnicos-administrativos e estudantes. O mapa completo da apuração pode ser consultado aqui. A eleição resultou também na escolha do professor Wally Menezes como novo reitor da instituição para o quadriênio 2021-2025.

Em segundo lugar, com 30% dos votos, ficou o professor Michael dos Santos Duarte. Pela primeira vez, o pleito foi realizado totalmente online, por meio da ferramenta virtual Helios Voting. O Instituto Federal do Ceará adotou a solução, que já havia sido testada e implementada em eleições da rede federal pelo Brasil, para atender às recomendações de distanciamento social decorrentes da pandemia de Covid-19, garantindo que todos pudessem exercer a participação democrática com segurança. Terminais físicos de votação foram disponibilizados para eleitores sem acesso à internet.

O resultado preliminar foi publicado pela Comissão Eleitoral Central nesta segunda-feira (16), cabendo recursos a ele até o dia seguinte (17). O julgamento dos eventuais recursos pela comissão e a publicação do resultado final da eleição serão feitos na quarta-feira (18), mesma data em que deve ser encaminhada a ata final do processo eleitoral ao Conselho Superior do IFCE para apreciação e homologação. A posse deve ocorrer em fevereiro de 2021, a depender da data de nomeação do vencedor pelo Ministério da Educação (MEC).

Biografia

Francisco Vidal formou-se em Administração pela Universidade Federal do Ceará em 1994. É especialista em Gestão pela Universidade Estadual do Ceará (1997) e em Formação e Desenvolvimento de Empreendedores pela UFC (2001). É mestre em Administração pela Universidade de Fortaleza (2005). No âmbito do campus de Canindé do IFCE, integra o Núcleo Docente Estruturante do curso de Tecnologia em Gestão de Turismo e está como diretor-geral da unidade desde 2014.

Por Andressa Souza – campus Canindé